WSI apresenta palestra sobre transformação digital na gestão da construção civil


| Postado por: WSI Events

A transformação digital da construção civil significa, dentre outras coisas, processos físicos instantaneamente automatizados e digitalizados e a melhor integração entre obra e escritório. No We Shape Innovation – WSI, que acontece na próxima quinta-feira (09), na Expo Unimed, em Curitiba PR, a General Manager South America da Work Tech, Rhoda Serafim, vai falar sobre “Transformação digital na engenharia da construção civil – gestão de fadiga e terceirizados”, abordando plataformas de gerenciamento que auxiliam nesse processo de digitalização do segmento.

“Historicamente, a indústria da construção civil adquire novas tecnologias mais lentamente que todas as outras. Não é atoa que esta indústria está altamente necessitada de avanços tecnológicos, mas também é uma das indústrias que mais sofre com nível baixíssimo de produtividade e excesso de custos em quase 100% dos projetos. 80% em custos excessivos, e 20% vem de tempo excedido além do contratado”, informa Rhoda Serafim.

Ela destaca que alguns destes problemas já existem desde o nascimento da própria indústria de construção. Dificuldades como altíssimos custos, atrasos na entrega, baixa eficiência e produtividade eram características aceitas pelo mercado durante muitos anos. Com a inserção das novas tecnologias, o uso inteligente de Big Data, desenvolvimento de softwares, internet das coisas, wearables, inteligência artificial, dentre outras, esta indústria finalmente tem a chance de se transformar para se manter competitiva.

“A demanda por construção mundialmente é grande.  Investir em tecnologia para avançar esta indústria consiste puramente em ganhos. A habilidade de unir obra com o escritório pela integração de work-flow do começo ao fim com a mais nova tecnologia já está acontecendo”, ressalta.

Os softwares a que Rhoda se refere são capazes de gerenciar toda a mão de obra e patrimônio diretamente de dispositivos moveis. É possível ainda ter acesso a informações em tempo real sobre o andamento das obras, inventário, carga horária, aluguéis de máquinas, finanças, e até sobre a saúde, fadiga e status de compliance da empresa e de seus funcionários. Todos os gastos também podem ser acompanhados e geridos com maior eficácia, sendo possível prever orçamentos futuros fornecidos por uma base de dados de alta velocidade para auxiliar gerentes e supervisores.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa WSI – Carolina Gomes

Tags: Transformação digital; digital; construção civil; WSI

Tags:

  • Notícias Relacionadas


    Efeitos COVID-19


    | Postado por: WSI Events

    Tags:

  • Diferenciais competitivos durante a crise


    | Postado por: WSI Events

    Tags: